23 de mar de 2012

Casal Chinês moram dentro de um banheiro

  • Família chinesa transforma banheiro em lar aconchegante

Essa é mais uma daquelas histórias que faz você repensar seu conceitos e sua vida. Por aí existem casos pior do que esse, mas resolvi colocar justamente esse caso na MIB por ser inusitado. Confira a história dessa família:

Zeng Lingjun nasceu em uma pequena aldeia, na província de Jilin, nordeste da China. 

Quando garoto, sonhava um dia ir para a faculdade, mas como sua família era muito pobre, teve de abandonar seus sonhos e resolveu se tornar um sapateiro e trabalhar na nobre arte de reparar sapatos por toda a vida. Em verdade uma profissão que está se acabando dado ao preço cada vez mais barato de um bom calçado.


Mas Zeng ainda não sabia disso e só porque não podia se dar ao luxo de ir para a faculdade, não significava que estaria disposto a passar o resto de sua vida em sua aldeia. Zeng era sonhador, tinha grandes planos para si, então um dia, com apenas 50 yuan (quase quinze reais) no bolso, partiu para Shenyang, a maior cidade no nordeste da China. Quando ali chegou vislumbrou um grande futuro e decidiu que se estabeleceria.

Ser um bom trabalhador e um sapateiro hábil ajudou Zeng ganhar a vida na cidade grande e logo estava ganhando cerca de 2.000 yuan (575 reais) por mês. Mas isso não era suficiente para ele conseguir comprar sua próprio casinha.

Seis anos atrás, um amigo avisou que um banheiro de um hotel abandonado estava disponível para alugar a um preço muito baixo. 

Ele imediatamente pegou emprestado o dinheiro que precisava para pagar a caução e alugou o banheiro abandonado como seu novo lar. Derrubou as portas, também todos os cubículos de madeira e usou algumas tábuas para cobrir os vasos sanitários e dar espaço para uma cama. 

Os cubículos desmontadas foram convertidas em armários e, mesmo que o lugar fosse de apenas 19 metros quadrados de tamanho, de alguma forma encontrou ainda espaço para criar sua pequena sapataria.

Em 2008, Zeng conheceu sua atual esposa, também uma trabalhadora migrante. Se casaram em 2010 e tiveram um filho pouco tempo depois. 

Agora os três vivem juntos no banheiro abandonado. Em alguma data desde que mudara pra ali, eles juntaram dinheiro suficiente para se mudar para um apartamento normal com quase 80 metros quadrados, mas logo se viram na necessidade de voltar para sua antiga casa, poucos dias depois de terem saído, incapazes de pagar todas as despesas no novo lar.

Embora o cheiro nunca os deixe esquecer que vivem em um banheiro, Zeng e sua família lavam e limpam o local sempre que o cheiro se torna insuportável e continuam a desfrutar de sua vida juntos felizes. Afinal, quem precisa de luxo, quando seus entes queridos estão perto e você goza de plena saúde?














. . .

Um comentário:

Bebedor de cachaça! disse...

A vantagem de morar em cavidades, é que nem precisa ter mesas e cadeiras, pois pode fazer as refeições, sentado no vaso sanitário, e como se diz: "Come e caga"...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails