2 de abr de 2014

Homem amputa a própria mão para livrar-se de dor insuportável, mas ela continua

  • Que dor é essa que a criatura chega a tomar uma atitude tão extrema?

Uma história no mínimo inusitada chocou os moradores de Devon, na Inglaterra. Um homem cortou a própria mão para livrar-se de uma dor, mas ela continua.

O autor da façanha é Mark Goddard, de 44 anos. Há 16 anos ele sofreu um acidente de moto e desde então uma dor insuportável tomou o nervo da sua mão fazendo com que ele pensasse em arrancar a mão.

Goddard chegou a consultar alguns médicos para realizar o procedimento, mas eles negaram-se, afirmando que o membro era saudável.

O ex-mecânico, então, começou a construir uma gilhotina improvisada para que pudesse decepar o membro de uma só vez.


Duas semanas mais tarde, a engenhoca estava pronta. Um machado seria impulsionado por molas para que fizesse um corte seco. No entanto, a guilhotina não funcionou como previsto e ele teve que terminar o serviço com uma faca. Ele perdeu dois litros de sangue.

Depois de concluir a amputação, Goddard ainda jogou a mão cortada numa fogueira para que os médicos não tentassem reimplantá-la.

O problema é que após passar por atendimento médico, a dor que o atormentava desde que ele tinha 28 anos continuou.

Esta já é a segunda tentativa de amputação. Na primeira, Goddard só conseguiu atingir três tendões e um nervo.

Ele agora toma 40 analgésicos por dia, mas quer que um dispositivo chamado “estimulador de medula” seja implantado em suas costas para aliviar a dor.

“Teria poupado muito sofrimento, mas era o único jeito. Pelo menos, agora vou ter o tratamento necessário”.








. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails