1 de out de 2014

Restaurante servia ópio para viciar clientes

  • Dono de restaurante estava adicionando ópio nos alimentos para deixar os clientes viciados em seus pratos

O caso ocorreu na China e intrigou as autoridades locais.

Em uma tentativa de deixar os clientes seduzidos e viciados por seus pratos, um dono de restaurante recorreu a um método absurdamente antiético, colocando ópio (retirado da planta papoula).

Quando preso, ele revelou a polícia que gastou mais de R$ 250 comprando 2 Kg de papoula para adicionar secretamente na comida produzida em seu restaurante.

Tudo estava indo “bem”, até que um de seus clientes, Liu Juyou de 26 anos, passou por um exame médico onde acusou a presença de opiáceos em sua urina. Liu ficou chocado com o resultado e, mesmo alegando que algo estava errado e não ser usuário, foi preso por 15 dias.

Após semanas, Liu pensou em possíveis contaminações e não encontrou nenhuma possibilidade lógica, até ter a ideia de que o mistério talvez estivesse escondido na comida do restaurante onde era assíduo.



Ele, muito esperto, mandou algumas pessoas de sua família comer o mesmo macarrão que sempre come no restaurante e, após algum tempo, realizou o mesmo teste de urina em cada um.

Como todos os testes deram positivo, Liu chamou imediatamente a polícia. Uma investigação foi instaurada e o dono do local foi preso por 10 dias para evitar que fugisse. Ele não resistiu à pressão e confessou o crime.

Um perito da polícia especializado em narcóticos afirmou que os produtos químicos da papoula podem acumular-se no corpo, causando resultados positivos. Se ingeridas por um longo tempo, pode tornar o usuário dependente e severamente viciado.

Não era mais fácil procurar fazer uma comida deliciosa para prender seus clientes pelo estômago? É cada coisa que o ser humano faz que chega a ser inacreditável.


Fonte


Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails