27 de ago de 2015

Estudante alemã cansada de pagar aluguel decidiu morar em trens

Cansada de levar mijada do seu senhorio, Leonie Müller, uma estudante alemã decidiu desistir de pagar o alugar do apartamento e foi viver em trens. 

Tudo começou com uma disputa que ele teve com o dono do apê, que queria aumentar o aluguel de 450 dólares. Foi quando decidiu que não queria viver mais lá, na verdade ela percebeu que não queria viver em apartamento nenhum. Então, conjeturou todas as possibilidades e ao fim comprou um bilhete especial que lhe permite embarcar em qualquer trem na Alemanha por 380 dólares ao mês.

Ela agora toma banho, troca de roupa, come, dorme, e até mesmo faz a lição de casa, enquanto viaja a velocidades de até 300 km/h. Às vezes ela pede pizzas que são entregues nas estações por onde o trem passa.




Leonie, de 23 anos, diz que viver nos trens deu-lhe muita liberdade e está curtindo cada momento enquanto vai para lá e para cá por todo o pais.

- "Eu realmente me sinto em casa nesses trens e posso visitar muitos mais amigos e cidades", disse ela. - "É como estar de férias o tempo todo. Eu leio, eu escrevo, eu olho para fora da janela e eu conheço pessoas agradáveis o tempo todo. Há sempre algo para fazer em trens".

Leonie não só economiza uma boa grana no aluguel, mas ela também adotou um estilo de vida minimalista. Todos os seus pertences agora cabem em uma única mochila, incluindo suas roupas, um tablet, documentos universitários e um saco sanitário. O resto de suas roupas e pertences ficam guardados na casa dos pais. O passe de um cabine no trem custa 1.400 reais por mês, enquanto ela costumava gastar cerca de 1.700 de aluguel no apartamento anterior. Mas economizar não é seu único objetivo.


- "Eu quero inspirar as pessoas a questionar seus hábitos e as coisas que eles consideram normais", disse ela. - "Há sempre mais oportunidades do que se pensa que existem. A próxima aventura está apenas à espera ao virar da esquina, desde que você queira encontrá-la. Vejam o meu caso, eu vivia estressada com o senhorio me enchendo o saco e agora só conheço pessoas agradáveis e que me tratam com mesuras".

De vez em quando ela dá um tempo e passa um ou dois dias na casa de amigos ou parentes, mas em geral ela vai para o apartamento do namorado, da mãe ou da avó. E ela diz que seu novo estilo de vida possibilitou maravilhas para sua vida amorosa.

- "Normalmente, nosso relacionamento era de longa distância, mas vivendo em um trem me permite vê-lo quando eu quiser", riu Leonie.

Ela acrescentou que a maioria de seus amigos realmente gostaram de sua idéia, e alguns até a admiram por ser tão aventureira, nas não tem coragem de fazer o mesmo.

- "Outros, no entanto, reagiram mais negativamente", disse ela. - "Eles se sentem ofendidos com o fato de que eu questiono o caminho normal da vida e de como viver a vida", mas as críticas não a incomodaram muito.

Leonie está documentando sua experiência da vida no trem em seu blog no tyatravel.com. Ela planeja mantê-lo por um ano, e, em seguida, escrever a sua tese de graduação universitária sobre a sua vida como uma nômade moderna.

Para as pessoas que querem adotar um estilo de vida semelhante, ela tem apenas um conselho sério:

Leonie assinala, Para as pessoas que querem adotar um estilo de vida semelhante, que parte do truque é ter um fone de ouvido para cancelar o ruído, pois assim envolvido na música e observando as paisagens cambiantes, a vida é melhor de ser vivida.

Sim, um trem para um espírito curioso e alerta é bem melhor do que um departamento, que após tudo está plantado imóvel em uma cidade. Viver viajando, se tem a energia para fazê-lo, que coisa mais estimulante pode existir?



Fonte




. . .

4 comentários:

Anônimo disse...

Pegava fácil!!

Anônimo disse...

Ela tem um tablet de verdade!, com Windows!, pois Android e iOS é só para brincar mesmo.

william haddad disse...

INSPIRADOR

Ulysses disse...

Mas o trem tem banheiro, chuveiro pelo que pude entender nessa cabines. Assim qualquer um pode fazer isso. Agora quero ver se ela morasse no brasil andando nos trens daqui se ela teria coragem de fazer isso.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails