16 de mai de 2016

Casal encontra cofre de 600 Kg em mansão de Pablo Escobar

  • O que existe dentro dele? Ninguém sabe!
A mansão à beira-mar, em Miami Beach, na Flórida já serviu como um esconderijo para uma parcela da gigante riqueza de um dos maiores traficantes do mundo, o colombiano Pablo Escobar.

Contudo, hoje, só restam os escombros, isso porque os proprietários atuais resolveram demolir o lugar para acabar com ‘energias negativas’ e de quebra ainda procurar ‘tesouros’ escondidos. Dessa forma, durante a destruição, um segundo cofre foi recuperado. E se você está se perguntando o que aconteceu com primeiro, saiba que ele desapareceu misteriosamente.


O colombiano Pablo Emilio Escobar Gaviria, foi um dos maiores traficantes do mundo e um dos homens mais ricos durante os anos 90. Conhecido como ‘Barão das Drogas’, ‘Rei da Cocaína’, ‘Patrão do Mal’, entre outros apelidos, além de sua ocupação, era conhecido também por suas extravagâncias (fã de Jurassic Park – lançado em 13 de junho de 1993, ele mandou que construíssem diversas réplicas de dinossauros, do tamanho real, e espalhou pelos campos de uma de suas propriedades). 

Contudo, após iniciar seus trabalhos em 1975 e juntar uma enorme fortuna de bilhões de dólares, em 1993 (2 de dezembro) ele foi morto à tiros em uma operação que envolveu a polícia colombiana, a agência antidrogas dos Estados Unidos (DEA) e a CIA, em Medellín, na Colômbia.

Entretanto, ele deixou para trás muitos bens, entre eles a casa em Miami Beach, e dentro dela, um misterioso cofre. Com cerca de 600 Kg o objeto foi encontrado nos escombros da mansão, que foi demolida pelos novos proprietários: Christian Berdouare, dono de uma rede de restaurantes e sua esposa, Jennifer Valoppi, ex-apresentadora da emissora NBC e vencedora de vários prêmios Emmy por investigações jornalísticas, conforme relatado pela BBC Brasil.



“Havíamos deixado uma das paredes em pé e quando comecei a derrubá-la, um pedaço de entulho atingiu a fundação, quando o piso afundou eu pude ver. Era algo cinza. Pegamos com a garra da escavadeira e quando percebi que era um cofre. Comecei a gritar”, disse Berdouare, “Se chegarmos a encontrar dinheiro, ele será nosso, segundo às leis do Estado. E se acharmos drogas ou outra coisa ilegal, reportaremos às autoridades imediatamente”.

Estima-se que, durante as décadas de 1970 e 1980, Pablo Escobar tenha controlado até 80% de toda a cocaína que entrava nos Estados Unidos. Sua mansão estava localizada em um dos bairros exclusivos de Miami Beach e havia sido comprada por ele em 1980. O primeiro cofre encontrado nela desapareceu misteriosamente e a polícia ainda investiga o caso. Já o segundo, foi colocado em um banco com segurança reforçada 24h. Os donos do imóvel, agora os verdadeiros proprietários do cofre, disseram ainda não o ter aberto e não informaram quando decidirão fazer isso.

Fonte



. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails