20 de abr de 2011

Gigantismo acromegálico - doença do crescimento

  • A doença gigantismo acromegálico faz ela crescer sem parar


Malee Duangdee, uma adolescente da Tailândia que tem apenas 19 anos, é agora a jovem mais alta do mundo. 

Ela tem 2,08 m de altura e supera a adolescente paraense Elisany Silva (saiba mais sobre ela mais a baixo) em apenas dois centímetros. Se fosse pela questão da idade, Elisany superaria facilmente a tailandesa já que tem apenas 15 anos. 

Mas, devemos lembrar que as duas tem o gigantismo acromegálico, causado pela produção excessiva do hormônio de crescimento, de forma que é difícil prever quem crescerá mais ou menos.


Ainda assim há que se considerar que possivelmente nenhuma das duas queira ostentar este recorde por muito tempo e com certeza aguardem ansiosas pela cirurgia da retirado do tumor da hipófise que possibilite a diminuição da produção do hormônio para que possam levar uma vida normal e saudável, coisa que não acontece com a mulher mais alta do mundo, Yao Defen, que hoje vive prostrada numa cama por não aguentar com o peso do corpo e também pelo sofrimento que passou o homem mais alto do mundo, Leonid Stadnyk, antes de conseguir a cirurgia e alcançar os 2,60m.








O gigantismo acromegálico é uma doença crônica causada pela produção excessiva do hormônio de crescimento, o GH (sigla do inglês growth hormone), pela hipófise, uma glândula que controla as principais funções vitais. A grande quantidade do GH é provocada pelo aparecimento de um tumor – com tamanho que varia geralmente de um a quatro centímetros – e que se estende da região da hipófise até o nervo óptico.

Além de desencadear o crescimento de todo o organismo (dos ossos até as vísceras), o tumor pode provocar a diminuição da capacidade de visão do indivíduo, levando à cegueira.

Na literatura científica médica só foram identificados até hoje 200 casos de gigantismo acromegálico. Já os registros específicos de acromegalia somam 800. Quarenta a cinqüenta por cento dos pacientes acromegálicos apresentam diabetes.






  • A adolescente paraense Elisany Silva

A linda garota Elisany Silva que mora em Ajuruteua, no Pará, tem o conhecido mal dos gigantes, o gigantismo acromegálico, que é causado pela produção excessiva do hormônio de crescimento, o GH (sigla do inglês growth hormone), pela hipófise, uma glândula que controla as principais funções vitais. 


Elisandy que só tem 14 anos, mede 2,06 metros de altura.












Fonte: MDIG 

. . . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails