26 de abr de 2012

Confissão de uma gorda


  • Palavras sinceras que mostram como uma gordinha se sente perante o mundo

Vi esse texto no blog Metamorfose Digital, o dono do blog recebeu um e-mail que continha esse texto, é um desabafo muito interessante e quem sabe pode ajudar algumas pessoas a matar o preconceito que existe com pessoas acima do peso.

"É isso aí, o nome é mesmo confissão, pois parece mesmo um pecado estar fora dos padrões de peso que o mundo inteiro ditou; Eu confesso, sou gorda, juro que não é por maldade nem propositalmente, não é para ofender ninguém, mas pô!, estou cansada de lutar, nadar contra a maré, tentar colocar na cabeça das pessoas que ser saudável mais estar gorda é NORMAL, pelo amor de Deus, o que eu fiz de tão grave assim? Por que tenho que ouvir besteiras e indiretas mais diretas que um pisão no pé só porque a balança pula de sofrimento alegria quando subo nela?!!

Eu não sou compulsiva por comida, aliás besteiras pouco me atraem mais fazer o quê? Já disse: meus exames são normais, meu corpo tá um coco , aos meus olhos pelo menos, não sei por quanto tempo, mas está.


O colega de trabalho (magro!!!) que faz questão de dizer na minha frente (não poucas vezes) que está uma bola de gordo (1,5kg acima do peso) Por que fazer isto comigo? É pra humilhar? Me chama de baleia de uma vez, pelo menos dói e passa rápido. É, porque você pode até não saber (duvido), mas dói e muito, ouvir alguém olhar nos seus olhos durante uma conversa e dizer: Mais seu rosto é lindo ( fazendo até um gesto com a mão demarcando bem o espaço entre o queixo e a testa). Eu tenho espelho em casa e sei com certeza, eu realmente tenho o rosto muito bonito, olhos marcantes, sombrancelhas perfeitas, cabelos e dentes perfeitos, como poucas pessoas que já vi têm, E mesmo assim, ainda dói entender o que realmente querem dizer: Você é horrorosa do pescoço pra baixo!..... Ninguém enxerga as qualidades físicas e principalmente de caráter de um gordo!

É, na verdade vocês venceram, confesso, sou fraca, não aguentei, eu vou me submeter a vontade do mundo inteiro, vou emagrecer, mesmo que por algum motivo eu não consiga ser feliz como sou agora (parece impossível, mais apesar de tudo, no Fundo..eu sou feliz), mas eu entendi, já sofri na pele; o mundo trata melhor os magros. Você pode ser um poço de falsidade, sorrir querendo explodir de raiva, ter um caráter duvidoso, ser um caldeirão de preconceito, não ser sincero consigo e com os outros, mas.....seja magro....o mundo ainda vai te tratar melhor do que a mim.

Cansei do olhar de espanto das pessoas que me conheciam antes de eu engordar, elas arregalam os olhos, me olham espantadas de cima em baixo e depois olham em meus olhos com um olhar cortante de pena, Por que?????? Alguém por acaso me perguntou se mesmo assim sou feliz?!, Elas não pensam que posso ser feliz por milhões de outros motivos???? A resposta é NÃO, afinal o que importa é a imagem ser agradável aos olhos alheios, ninguém vê beleza em quem judia da balança.

De que vale minha autoestima? Se as pessoas tentam matá-la sempre que saio de casa?!, Eu luto mais pra manter a minha autoestima na cabeça das pessoas do que na minha própria! Pode?! Ser gorda virou ponto de referência, que droga!

Acho que vocês pouco ouviram falar em casos como o meu (ser gordo(a) e ainda sim ser feliz...por enquanto...quem sabe..); Meu marido me ama (parece que ficou cego, não enxerga que engordei) a vida sexual meu bem, rsss vai Muuuuiito bem obrigada, mas mesmo assim, não consigo ser feliz e despreocupada o tempo todo, tem sempre alguém falando de algum gordo perto de mim, é impressionante; "- nossa você viu a esposa de não sei quem?, tá uma bola, que horror, que mulher relaxada!". To de saco cheio! A partir de hoje não levanto mais bandeira nenhuma, que se dane, Vocês querem me ver magra? Vão ver! Mesmo que talvez por conta dos remédios que eu VOU TOMAR pra agradar o olhar e a crítica de vocês , eu fique mal humorada, descontente e deixe de sorrir como eu sorrio hoje, tudo bem! Eu vou emagrecer, e quando isso acontecer ........ai daquele que disser que pareço doente de tão magra, esse vai engolir a língua, e não estou falando no sentido figurado".

Essa ditadura da magreza está mudando a forma do ser humano encarar as pessoas e a realidade. Até quando o padrão esquelético das novelas e filmes vão durar? Já falei várias vezes aqui na MIB, isso está destruindo a mente de nossos jovens que buscam por um padrão de beleza que exige demais do corpo e da mente. Estamos todos DOENTES.




. . .

6 comentários:

Bian disse...

Demorou... Sua baleia preguiçosa.

Tha disse...

Gostaria muito que você conseguisse ler meu comentário. Eu entendo muito você. A ditadura magreza parece que está corroendo os cérebros das pessoas, pessoas interessantes de verdade passam despercebidas, quase invisíveis por não pertencer a um padrão tão idiota quanto quem o segue. Eu acredito que só devemos mudar se for pra melhor, e no seu caso você parece ser muito feliz do jeito que é, as pessoas que precisam enxergar a grande pessoa que você é já enxergam, quem te ama te valoriza. Pessoas medíocres, sem nenhum valor moral se dizem pertencer ao tal "padrão", mas pra mim o verdadeiro padrão é ser honesto, ter princípios, carregar valores, amar a vida. Seres sem escrúpulos, uns engolindo os outros, tentando desesperadamente chamar a atenção de formas mais baixas possíveis. Por que valeria a pena mudar por tal tipo de gente? Acredite mais na sua felicidade, e mude apenas se for pra seu próprio bem estar. Adorei o seu post, também estou passando por algo parecido, e auto-estima é uma coisa tão preciosa pra uma mulher, não a desperdice com seres inferiores. Escolha sozinha seus caminhos, boa sorte..

Bertolucci disse...

Tha,

Infelizmente não tenho o contato dessa garota, mas espero que ela possa ler seu comentário.

Abraços,

Lucas Bertolucci
EDITOR DA MIB

mesas de escritorio disse...

Interessante a postagem

Marisa disse...

Nunca postei aqui antes; mas por causa dessa garota, faço questão de deixar meu comentário.

Passo por isso também. E com a agravante de ter 52 anos. E ai de mim se confesso que sinto tesão.

Além de gorda velha, gosto de sexo, imagine!!! [E muito atrevimento para uma pessoa só!!!

Anônimo disse...

nossa,eu tambem sofro por estar acima do peso,mas isso é uma luta comigo mesma,não me sinto feliz quando vou me arrumar pra sair,mas juro é comigo mesma,não gosto de me olhar com as roupas que tenho por ficar sobrando e tal...sei que vou sair na rua vou receber cantadas elogios mas sabe quando o mundo pode falar que vc esta linda mas so vc sabe que por baixo esta uma cinta te apertando ou uma calça super alta esmagando vc?pois é,tenho 2 filhos lindos ja fiz 2 cesarias ,eu era suuuuper magra acho que é isso que abalou o meu psicologico.a mudança repetina...mas se Deus quiser vou da um geito nessa minha vida pra mim viver feliz comigo mesma.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails