17 de out de 2014

Casal constrói acidentalmente uma casa do sonho de 680 mil dólares no lote errado

  • Que situação difícil, imagine se o verdadeiro dono não quiser negociar...

Um casal sempre almejou o dia em que terminariam a sua casa do sonhos, entretanto quando este dia chegou o sonho recém-construído se transformou em um pesadelo horrível. Embora Mark Voss e sua esposa tenham alguns outros lotes residenciais no condomínio de luxo de Ocean Hammock, a casa foi construída acidentalmente em um pertencente a outra pessoa.

- "Estamos em total descrença que algo assim poderia acontecer", disse Mark, que é o proprietário de uma administradora de imóveis no estado do Missouri, nos EUA. - "Nós estávamos prontos para mudar para nossa nova casa, mas, com toda essa dor de cabeça, já não temos tanta certeza se isso vai ser possível."

Mark disse que comprou o lote no número 23 da Avenida Atlântica. Então, em 2012, ele contratou uma empresa chamada Keystone Homes para construir a casa de três andares com cinco quartos e cinco mil metros quadrados, que lhes custou uma gritante 680 mil dólares (mais de 1,6 milhões de reais).

Seis meses após que a mansão foi construída, no entanto, uma equipe de levantamento topográfico que estava trabalhando nas proximidades percebeu o erro e que a casa está realmente no lote ao lado, no número 21 da boulevard, que pertence a um casal da Carolina do Norte que o adquiriu em 2003.


Enquanto isso a Keystone tenta negociar um acordo entre as duas partes. Acontece que eles podem ser responsabilizados por toda a trapalhada, pois a falta de comunicação entre a Keystone e os subempreiteiros -que realmente construíram a casa- resultou na obra localizada no lote errado.

- "A bola está com o construtor", admitiu o vice-presidente da Keystone, Robbie Richmond. - "Eu construí cerca de 600 casas neste condado e isso nunca aconteceu comigo antes. Pode acontecer, mas é raro."

Os Voss, alheios a quem seja o real culpado, já contrataram um advogado, mas Robbie tenta agendar uma reunião entre as partes para encontrar uma solução justa, sem a necessidade de advogados.

- "Nós tomamos todas as medidas cabíveis neste caso. Estamos 100% empenhados em encontrar uma resolução justa para todos", concluiu.

Já imaginaram a confusão se o verdadeiro dono do terreno for um troll e decidir que o imóvel é dele?

- "Obrigado pela bela casa mobiliada, Mark. Quando quiser aparecer, a casa é sua!"










. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails