15 de out de 2014

Pai segue filhos por 500 km disfarçado de mendigo para resgatá-los da escravidão

Em uma história que equivale a uma versão da vida real de "Busca Implacável", em que Liam Neeson vai para os confins da terra para resgatar sua filha de sequestradores, Jagram, um indiano dono de uma barraquinha no distrito Bahraich, no estado de Utar Pradexe caminhou 500 quilômetros, da Índia até o Nepal, para libertar os três filhos de traficantes de seres humanos, disfarçando-se como um mendigo para enganar a quadrilha.

A jornada do camelô para encontrar seus filhos não foi nada fácil. Ele hipotecou sua casa e partiu para o Nepal em julho passado tendo apenas uma pista dada por uma ONG. Vinte dias depois, Jagram encontrou seus meninos em uma olaria de tijolos, transportando barro e buscando água de um lago próximo de sol a sol.

Toda a área era bem fortificada e a fuga parecia impossível, mas Jagram estava determinado. Para chegar mais perto de seus filhos, ele fingiu que era um mendigo e pediu emprego na fábrica de tijolos e uma vez lá dentro encontrou mais quatro crianças de sua aldeia. Ele pediu que não revelassem a sua identidade e que esperassem o momento certo para escapar.

Uma noite, quando os seguranças relaxaram, Jagram fugiu com as sete crianças, mas eles quase não conseguiram chegar até a rodovia mais próxima porque um dos seguranças disparou um alarme. O grupo teve que ficar escondido debaixo de pilhas de palha de arroz e somente no outro dia de manhã conseguiram pegar um ônibus para uma cidade na fronteira com a Índia, sem saber que estavam caindo em uma armadilha. Os traficantes estavam esperando na rodoviária e levaram todos para um lugar isolado, onde Jagram apanhou sem piedade, antes de ser abandonado.


O valente homem, mesmo muito ferido, conseguiu contatar a polícia local que invadiu a olaria e prendeu todo mundo. Mais tarde o indiano obstinado e as crianças foram escoltados até a fronteira internacional com a Índia e entregues aos oficiais que os levaram para casa.

Jagram já conseguiu pagar a hipoteca e sua barraquinha vai de vento em popa. Seus filhos, Akhilesh (10 anos), Nakshed (13) e Amrit Lal (15) estão na escola, em busca de "...um futuro melhor do que o meu", diz o pai orgulhoso.

Milhares de crianças são traficadas na Índia todos os anos e são submetidas a viver sob um regime de escravidão doméstica ou para trabalhar por uma ninharia em condições de exploração em fábricas e minas de carvão, indústrias de tecelagem de tapetes e outros. Kailash Satyarthi, que ganhou o Prêmio Nobel da Paz semana passada por lutar contra o tráfico de crianças e o trabalho infantil ao longo de décadas, estima que cerca de 60 milhões de crianças na Índia, ou 6% da população, são forçadas ao trabalho escravo.





. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails