18 de set de 2011

Massacre em escola de Realengo vai virar filme

  • A arte imitando na vida

RIO - Dezesseis alunos da Escola Municipal Roberta Maria Sodré de Macedo, no bairro Apolo II, em Itaboraí, foram selecionados para atuarem no longa-metragem sobre o massacre de Realengo, história do atirador e os desfechos da tragédia que ocorreu na manhã do dia 7 de abril deste ano na Escola Municipal Tasso da Silveira, com a morte de 12 adolescentes .

Com o texto nas mãos, os alunos estão ensaiando, desde agosto passado, todos os sábados, na Barra da Tijuca. O filme "Wellington: o assassino de sonhos. Tudo que a vida constrói, o ódio destrói" será produzido por alunos e professores da Universidade Estácio de Sá. Depois de pronto, os realizadores esperam apresentar o filme em festivais do país.


O início das gravações estão previstas para o fim de outubro. Segundo a diretora do colégio, Clemária Ramos, os alunos estão inseridos no programa Mais Educação, através das aulas de teatro.
Para o professor Tiago Azevedo, o filme é uma oportunidade única para os alunos.

- Quando eu soube do filme, escrevi os alunos e enviei fotos, dados e características. Hoje, fico feliz em saber que quatro deles terão personagens, além de um atuar como protagonista - comemorou o professor.

O papel do criminoso Wellington, na fase infantil, será interpretado pelo aluno Luiz Felipe Gomes, de 13 anos.

- É um reconhecimento que estamos tendo, com o filme podemos conseguir novas oportunidades. No começo ficamos nervosos, mas já passou, os ensaios estão nos ajudando muito - disse Felipe.

Por se tratar de um filme baseado na tragédia de grande repercussão e com alunos em idades semelhantes às dos atores, a direção da escola convocou pais e responsáveis dos que irão atuar no filme para tirar dúvidas sobre o assunto.


. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails