27 de ago de 2016

Russa passa mais de 4 meses tentando ressuscitar o marido com água benta

Incapaz de lidar com a morte de seu marido, uma mulher russa, de 76 anos, cujo nome não foi revelado, passou declaradamente pelo menos quatro meses tentando trazê-lo de volta a vida com a ajuda de água benta e oração. 

A terapeuta aposentada, do distrito central de Volgograd, surpreendeu os investigadores da polícia quando disse que não relatou a morte de seu marido, de 87 anos, porque acreditava que poderia reanimá-lo aspergindo água benta em seu corpo e fazendo orações.

O segredo bizarro da mulher foi revelado no último dia 12 de agosto, quando ela acidentalmente esqueceu a torneira do banheiro aberta inundando o apartamento de baixo. Um vizinho teve então que invadir a casa para desligar a água e foi quando encontrou o marido deitado no sofá da sala de estar quase que completamente mumificado.

Depois de passado o susto, o homem ligou imediatamente à polícia. Patologistas forenses determinaram que o homem já estava morto entre quatro a seis meses, mas não encontraram vestígios de violência em seu corpo e concluíram que ele morreu de causas naturais.


Durante o interrogatório, os vizinhos do casal de idosos disseram que sentiram um cheiro estranho saindo de seu apartamento por um tempo, mas não acharam nada demais. Além disso, o homem havia sofrido uma grave lesão na perna em 2015 e estava confinado a uma cama desde então, de modo que a única pessoa que sabia sobre sua condição era a esposa.

Para se certificar de que ninguém interferiria com seus planos de ressuscitar o morto, a mulher, quando alguém perguntava dele, dizia que ele estava melhorando a olhos vistos, mas que estava muito cansado para receber hóspedes. Até mesmo seus filhos foram mantidos a distância. Ela dizia que precisavam visitá-los, porque os dois estavam muito bem. Obrigado!

Durante a investigação, a polícia descobriu que a mulher trabalhou como médica durante a maior parte de sua vida. Mas agora no ocaso se interessou pelo ocultismo, e era obcecada com o trabalho Leonid Konovalov, um russo farsante que protagoniza um programa de televisão onde tenta se comunicar com os mortos.

- "Quando começamos a falar com a mulher, descobrimos que ela estava fascinada pela medicina alternativa e acreditava que pela aspersão de água benta sobre o marido, ela seria capaz de trazê-lo de volta à vida", disse a investigadora-chefe Milena Fratsuzova.

Fonte



. . .

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails