22 de jun de 2011

Estudantes criam veículo que "anda" em 360º e até de ponta cabeça

  • Não há previsão de quando o Edward chegará ao mercado


Depois que um australiano anunciou uma moto voadora, estudantes da Universidade de Adele, na Austrália, apresentaram uma espécie de veículo que gira 360º.

O nome Edward é uma sigla para uma expressão em inglês, que pode ser traduzida como veículo elétrico de duas rodas, com sistema ativo de rotação, que usa amortecedores.

O nome é grande, mas já descreve exatamente o que é a invenção. O Edward é controlado por um joystick, semelhante aos que controlam um video-game.

Amortecedores impedem que a cabine do piloto rotacione quando ele freia ou acelera. O veículo gira no próprio eixo e tem velocidade máxima de 40 km/h.


O motorista não pode ter estômago fraco porque o protótipo, em testes, aparece dando piruetas inesperadas e até andando com o condutor de ponta cabeça.

A estrutura simples, porém, deixa o motorista muito exposto. Não há proteções ou carroceria. O modelo tem apenas um banco, entre as duas rodas paralelas, e uma plataforma para apoiar os pés. O joystick fica entre as pernas do condutor.

O Edward parece um brinquedo, mas o grupo de pesquisa insiste que ele é uma opção viável para o trânsito urbano. Segundo os criadores, as vantagens do veículo estão em ser pequeno, ocupando pouco espaço no trânsito, elétrico, não emitindo poluentes, e divertido de dirigir.

Duvido muito que isso pegue, achei um trambolho.

. . .

Um comentário:

alvaro disse...

esquisito! mas parece legal!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails