11 de set de 2010

Estatuetas de Acambaro

5 - Estatuetas de Acambaro


Em julho de 1945 . Waldemar Julsrud , um comerciante de Acambaro  ( em Guanajato) , no México , percorria a cavalo uma colina que domina a cidade, quando notou alguns fragmentos de cerâmica que afloraram durante a estação de chuvas. Interessado em antiguidades mexicanas , pediu a um pedreiro do local, Odilon Tinajero , para ir ver o lugar e trazer-lhe o que encontrasse . Tinajero encontrou aparentemente muitas coisas , pois a coleção feita  por Julsrud , de 1945 a 1952 , compreende bem mais de 30.000 peças . Praticamente todos os arqueólogos consideravam-na falsas, ainda que não encontre nelas quase nada de valor, senão apenas para se olhar. Portanto , há numerosas razões para se pensar que esta coleção seja uma das curiosidades arqueológicas mais extraordinárias do mundo!

As figuras que representam répteis têm desconcertado particularmente alguns arqueólogos que examinaram a coleção. Algumas destas estatuetas assemelham-se a dinossauros e a pleiossauros. Mas visto que, segundo as teorias correntes, estas criaturas desapareceram há 70 milhões de anos , os antigos índios do México não poderiam saber a que elas se assemelhavam. Entrenda-se , pessoas de nossa época o saberiam , através de livros e filmes de ficção cientifica. Os monstros realmente são muito desconcertantes.


No entanto , um dos aspectos mais fantáticos de toda a coleção é a sua extraordinária variedade. Nenhuma duplicata entre mais de 30.000 peças! Algumas são semelhantes , mas não existem idênticas.
A imaginação aplicada na produção desses animais "pré-históricos", dessas estatuetas humanóides e de "múmias" , de centenas de grupos nos quais os seres humanos e os animais desempenham um papel numa cena , é simplesmente estupenda.


A teoria corrente , segundo a qual , os grandes répteis desapareceram há aproximadamente 70 milhões de anos e que o homem é de origem mais recente, condena automaticamente , para a maioria dos cientistas , as estatuetas e as placas que mostram homens em companhia destas criaturas. E como estes indígenas teriam conhecido o rinoceronte peludo , os cavalos e os camelos americanos etc. que desapareceram no fim da era pleistocenica , cerca de 10.000 a 12.000 anos? 


Fora disto , esta coleção representa um conhecimento mais extenso e uma imaginação mais vasta, que todo o conhecimento anterior ao século XIX ou pouco antes. Numerosas culturas produziram obras de arte de uma qualidade e de uma imaginação maravilhosa , mas nenhuma civilização antiga produziu tantas coisas diferentes como a "cultura Julsrud" .


Algumas estatuetas podem ser atualmente vistas por todos no museu de Acambaro.


OUTROS ENIGMAS

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails